Batata Suíça

Bom dia, amigos.

batatasuiça

Fazer batata suíça em casa é uma festa, sozinha ou acompanhada.

Em família, inclino-me a dizer que é mais prazeroso, porque todos saem satisfeitos e felizes da mesa.

Geralmente preparamos de vários sabores, e cada pessoa espera a sua como um menino jovem que acaba de chegar em casa depois de um dia de cheio de esportes… Com aquela fome que é a maior força da natureza.

Batatas suíças são mesmo dádivas ao paladar.

Para preparar uma, sabor marguerita, você vai precisar de:

– 3 batatas médias cozidas com casca por 10 minutos (até que esteja no ponto do cozido, não passada).

– Sal e pimentas (reino, calabresa, caiena… a gosto)

– 200g de mussarela ralada ou cortada finamente.

– 1 tomate cortado em cubinhos

– Orégano ou manjericão (de preferência fresco)

– Azeite de oliva

– Duas frigideiras pequenas (para ir passando de uma para a outra)

Se você quiser fazer mais batatas suíças, só vai precisar de mais uma frigideira. É bom ter uma especialmente para ir virando a batata da vez!

Preparo:

Deixe as batatas cozidas esfriarem por completo, até que estejam firmes para ralar grosso. Com as batatas raladas, unte uma frigideira com azeite e dispunha da metade da batata ralada, até cobrir todo o fundo. Recheie com a mussarela, os tomates e a erva escolhida, e tempere. Depois cubra com o restante da batata e salpique sal e pimenta. Em fogo médio, deixe em média 10 minutos. Quando começar a dourar o fundo, com a ajuda da outra frigideira, tampe a batata e dispense a água que a batata soltar. Faça isso sempre que achar necessário, mas não muito, pois vai embora também o azeite necessário para o preparo. Também pode-se renovar com um pouquinho mais de azeite, espalhando pelas laterais. Vire com a ajuda da outra frigideira para que a outra metade doure também por mais 10 minutos.

A receita é bem básica, não é difícil, só existe uma técnica que você pega com a manha ou feeling. O importante é se divertir e ousar.

Capriche na apresentação que merece.

Com amor,

Julia.

Anúncios

Homemade Cookies!

coockies

Olá, pessoal!

Para aquecer os corações e deixar a mesa ainda mais linda nesse fim de semana de encontros aos queridos pais, que tal uma receitinha nova para experimentar?

Não há quem resista a esses cookies de verdade!

Ingredientes:

½ xícara de manteiga (ou margarina)

½ xícara de creme de amendoim

1 xícara de açúcar de confeiteiro

¾ xícara de açúcar mascavo (bem apertado na xícara)

1 ovo

1 colher de chá de baunilha

1 xícara de farinha de trigo

½ xícara de chocolate em pó

¼ colher de chá de sal

Preparo:

Numa tigela grande, bater manteiga, creme de amendoim e os açúcares até ficar cremoso. Juntar os ovos, a baunilha e bater. Em uma tigela pequena, misturar farinha, chocolate e sal. Adicionar os ingredientes secos ao creme. Untar a assadeira.

Dica: Adicionar 1 barra de chocolate meio amargo picado. Ou gotas de chocolate meio amargo. Colocar em colheradinhas na assadeira. Não há necessidade de untar novamente a assadeira entre os assados.

Me digam se gostarem da arte!

Com amor, Julia.

Veggie Burger

vb6Bom dia, amigos!

É um prazer absoluto viver o maravilhoso mundo veggie. Se sentir leve, saudável e cheio de vida no dia a dia, nos pensamentos. O que vem do alto, atrai coisas boas.

Também é um prazer e tanto trabalhar com ingredientes que geralmente se tem em casa. Você pode criar o máximo de sabor combinando legumes, grãos e especiarias.

Com isso em mente, minha família criou uma receita de veggie burgers sensacional!

De feijão, proteína texturizada de soja (pts) e linhaça.

 A receita é a seguinte:

Separe duas xícaras de feijão (da sua escolha) e duas xícaras de pts.

Deixe o feijão de molho em água de um dia para o outro.
Cozinhe por 20 minutos na panela de pressão e coloque 1 beterraba e 1 cenoura para cozinharem junto. Separe os bagos do feijão e bata no liquidificador. Reserve.

Para o pts, o lance é hidratar temperando. Cuidando com o sódio em excesso. Então bata no liquidificador 5 dentes de alho, cebola (1 ou 2), 2 ou 3 talos de salsão aparados as folhas, a beterraba e a cenoura cozidas, um pouco de shoyo e outros temperos que estiverem ao seu alcance, e você sinta vontade de adicionar. Bata tudo no liquidificador com um pouquinho de água, que pode ser a do feijão. Não ponha muita água.

O resultado é um caldo temperado que vai hidratar o pts. Depois de uns 30 minutos, misture o pts ao feijão batido. Coloque pimenta do reino, cominho, páprica doce.

A beterraba dá cor de sangue à nossa matança vegetariana. O segredo vem agora: Adicione farinha de linhaça e vá dando o ponto da umidade. A linhaça solta uma “liga”, e isso torna dispensável a adição de dois ovos caipiras, que podem também serem adicionados agora, se tiver vontade. Pode ser usado também um pouco de farinha de aveia para ir dando a consistência. Não use farinha de trigo, porque o Veggie Burger já vai ser saboreado com pão.

Limpe bem uma superfície lisa, espalhe farinha de linhaça sobre ela e mãos a massa! Se tiver um aro, ajuda bastante, coloque uma bola de massa no meio do aro e faça movimentos circulares rápidos com ele na superfície, depois achate com a palma da mão os burgers. Deixe uma camada seca de farinha de linhaça por fora. Se quiser, pode congelar.

vb0Pode ser feito na frigideira ou assado. Particularmente, somos mais do assado. A gente também comprou pão francês redondo, massa de padeiro.

Pré aqueça o forno a 250°C, se tiver pode ligar o gratinador.  Usamos também óleo de coco para untar a forma. Quando for virar, coloque o queijo, a gente usou mussarela processado da Polenghi. Tomate e cebola roxa fatiados em rodela, e salsinha como salada.

vb2vb4vb5J.

Viva organicamente

almeirão com cebola roxa

Em certos lugares ao redor do mundo, come-se muito bem os folhosos, daqueles ricos em fibras.

Um dia assisti na TV o entusiasmo de Jamie Oliver com a merenda escolar italiana. Aquela cena me marcou: Ele mostrando variedades de folhas e vegetais para as crianças e elas prontamente acertando todos os nomes.

Surpreendentemente é também a facilidade com que podemos servir os nossos convidados e família um menu nutritivo, interessante e equilibrado.

Quando escolher fazer tudo organicamente, desde a ida ao supermercado, ou à verdureira, até a preparação do seu menu, experimente o inusitado. Perceba o que está mais fresco, bonito, cheiroso e agradável nas prateleiras. Veja a quantidade de ingredientes novos que você pode começar a usar. Sem medo.

Foi o que aconteceu no meu fim de semana em Chapecó, durante a visita à minha amiga do charmoso blog ChicaMeTipo.

Reparamos como o almeirão se destacou entre os demais alimentos. Então foi só escolher mais alguns itens, de igual qualidade, e voltar felizes para casa.

Preparamos da seguinte forma: Aquecemos óleo de coco e tostamos as folhas. Fizemos o mesmo com as cebolas roxas. Se quiser, pode ser temperado depois com um aceto balsâmico e pimenta do reino. Nós saboreamos assim, somente com óleo de coco em alta temperatura, já que ele é puríssimo como uma ghee (manteiga indiana).

Foi uma noite de comidinhas leves e super especiais, apreciadas entre um vinho e outro, entre amigos. Sem culpa e com muita diversão.

Julia.

Salada com Lentilhas Germinadas

Aprendi com a Julia a beleza de germinar grãos em casa.

Meu primeiro teste foram lentilhas. Deixei-as de molho por uma noite em água sem cloro. Na manhã seguinte, escorri a água e guardei os grãos secos em uma travessa dentro do forno para protegê-los da luz. Depois de dois dias, as sementes já estavam lindas, frescas, brotando vida.

Os nutrientes de um grão se transformam e potencializam quando germinados. “Quando um alimento é germinado:

:: São eliminados compostos inibidores de enzimas (substâncias capazes de acelerar reações como as do processo digestivo)

:: Aumenta as enzimas digestivas, melhorando a absorção dos nutrientes. As enzimas podem aumentar em até 800%

:: Reduz o ácido fítico (fator anti-nutricional) dos grãos e sementes, aumentando a disponibilidade de nutrientes como zinco, cálcio, ferro e magnésio

:: Melhora digestão, transformação e absorção de nutrientes

:: Aumenta o teor de lignanas (em 14%) – compostos fitoquímicos similares ao estrogênio, têm propriedades anticancerígenas, principalmente em relação ao câncer de mama e cólon

:: Aumenta o teor de nutrientes antioxidantes. As vitaminas e os antioxidantes podem aumentar em até 1000%

:: O alimento fica mais estável devido ao aumento da capacidade antioxidante dos grãos e sementes, prevenindo a oxidação (rancificação).”

(Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2011/05/conheca-os-beneficios-dos-alimentos-germinados-para-a-saude-3313850.html)

Preparei uma salada especial, com os seguintes ingredientes: alface crespa, rúcula rabanete e pepino ralado, chuchu cozido, cebola e morangos recém colhidos da horta. Eis o resultado:

IMG_9858

A lentilha germinada dá consistência à salada e a sensação de estar se alimentando de uma refeição completa.

Germinar grãos é uma emoção que vale a pena tornar um hábito.

Carinho,

S.