In his fifties

image

A verdadeira descoberta de si próprio consiste em ter novos olhos.

Como você vai passar pelas décadas da sua vida se não renovar-se a cada manhã?

Ouvimos que na juventude fazemos nossa maior aposta. Num sentido mais simples: É na mocidade que imergimos em nós mesmos e em toda – e – qualquer – singularidade – possível.

Quero contar que o meu pai, vivendo na casa dos cinquenta, sempre me ganha. A cada amanhecer.

Suas orações matinais, seu espírito forte e inabalável, sua resistência, seu ar silvestre. Suas marcas de idade e de muito esforço nas mãos deixam notar que ele vive tentando algo novo. E é 100% ele mesmo em todo seu precioso tempo.

E faz parecer que é um exercício muito fácil manter-se rápido, corajoso e com olhar desperto como um adolescente que acaba de alcançar todo o seu vigor. Ele treina nas pequenas explorações diárias.

Na foto, ele me mostra a sua cerejeira em flor. “- A Sakura!” como ele aprendeu a dizer, enquanto divaga sobre ter novos olhos para novas paisagens, sem precisar viajar para longe.

J.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s