O Correto Adormecer

Estou lendo “Nossa Vida nos Sonhos”, do Trigueirinho, filósofo espiritualista que dedicou parte de sua vida a descoberta do mundo dos sonhos.

O livro apresenta reflexões sobre o sonhar e o dormir, uma das atividades que mais realizamos em vida.

Achei muito bonita suas explanações sobre a função espiritual dos sonhos. Segundo o autor:

“Se não passássemos certo tempo desencarnados, o eu superior não poderia viver sobre esta Terra, como é necessário que aconteça por alguns períodos, para sua maior experiência e oportunidade de prestar serviços. À certa altura, desencarnamos para que novos corpos sejam constituídos e se tornem sempre mais adequados para as situaçõe em que vão atuar. O eu superior também precisa ficar fora da encarnação, a fim de fazer suas sínteses e preparar condições futuras mais favoráveis, dentro das possibilidades criadas pelo carma tecido pelo ego humano durante a vida na Terra. O período de desencarnação é fundamental, portanto, para a renovação das energias.

Com o estado de sono acontece coisa semelhante, só que em proporção menor, porque sua duração é de apenas algumas horas. Se a consciência não se retirasse do corpo físico e não mergulhasse em níveis mais profundos, deixando assim de receber influência externa, não seria possível a continuação da vida aqui; pelo menos a cada vinte e quatro horas necessitamos desta restauração.”

Assim, o autor apresenta um modo correto de adormecer, que busque a conexão do ser com os níveis superiores de consciência. Em resumo:

“Quando nos deitamos e nos preparamos para adormecer, o eu superior vai reunindo todas as energias disponíveis, levando-as para a região do centro cardíaco. É importante acompanhar esse movimento, interiorizarmo-nos e partirmos para um sono tranquilo, na direção de níveis mais profundos.

Quando o corpo físico e o cérebro dormem, a alma recolhe-se em seu próprio nível, de onde pode ou não enviar impressões para os corpos da personalidade. Se os corpos estiverem prontos, em repouso, as mensagens da alma podem atravessá-los. Desse modo, quando o corpo acordar depois do sono terá registrado no cérebro o que a alma enviou.

Se não houver o devido relaxamento, o cérebro físico continuará registrando o que acontece em torno e estará impedido de captar o que ocorre nos níveis sutis durante a noite.

É necessário também que o corpo emocional esteja em estado de relaxamento. A mente pensante, ou mente concreta, também pode produzir sonhos por conta própria, pois o que aconteceu durante o dia fica impresso nela. Como o corpo mental permite-nos atuar com a energia da vontade, basta querermos não sofrer influências de pensamentos externos, individuais ou coletivos.

Seria bom que ao adormecer atingíssemos logo, com a consciência, zonas mais profundas de nosso ser. Há uma técnica que pode ser usada. Consiste num cuidado especial para com o momento-limite que antecede o adormecer, momento em que vamos entrando no estado onírico. Aí, o último pensamento do consciente deve ser positivo, imbuído da vontade de ir para um nível bem alto, superior: um pensamento que seja a afirmação de um mundo espiritual. Isso determina uma vida de sonhos mais madura.

Esse procedimento não só é válido para cada uma de nossas noites, como também para o momento em que vamos desencarnar. Treinando nossos mecanismos a cada noite, ao nos deitarmos, tornamo-nos aptos para fazer esse exercício facimente no momneto de desencarnar, só que com uma repercussão ainda maior: o último pensamento determina uma série de condições para a vida futura.

Quanto ao hábito de ler antes de dormir, da qualidade do texto vai depender a qualidade da vida onírica. Toda leitura coliga-nos com o plano mental do escritor ou com o nível que o inspirou.

Outro ponto a ser considerado é o horário de dormir. É bom ter um horário fixo, regular. O uso dessas técnicas ou de outras não deve ser permanente. Obtido o autocontrole, a pessoa descobre a disciplina que lhe convém; pode até conseguir orientação interna a respeito, o que, a certa altura, costuma ocorrer.”

Adaptado do livro “Nossa Vida nos Sonhos” – Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 31 a 36

IMG_2308

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s