Do caminho da família

Voltar para o lugar onde eu cresci é sempre uma caça ao tesouro.
Sei que encontrarei reluzentes virtudes que estavam adormecidas dentro de mim.
A explicação clara de quem me tornei.

Um sentimento, uma lembrança, um apego, um gosto.
O relógio só que envelhece, pois é o mesmo sempre. Mas é lento, como nos outros tempos.

A leve sensação de encontrar o meu coração, e me sentir bela e forte.
Tirarei o fim de semana fora, vou para minha primeira casa.

Onde acaba de chegar um amigo despreocupado
Os convidados são distintos
Os pássaros conversam
O neném agita
As flores se abrem
A chaleira canta dia e noite
Os cachorros não se aguentam de felicidade
A vida vai longe.

Os donos da casa gostam de passatempos
E fazem e dão muitas mudas e tortas.

Onde se copiam livros e falam deles
As janelas são portas
E o ar livre faz parte do trabalho.

Tudo maravilhoso.
Porque é maravilhoso ter o tempo de nossas vidas.
E graciosamente ser parte de um lar.

Precisamos disso.

J.

Anúncios

2 comentários sobre “Do caminho da família

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s