Molho básico de tomates

Estou muito feliz porque ontem minha irmã veio me visitar e hoje receberei um casal de amigos que me farão companhia por alguns dias. Como a gastronomia também está no coração deles, certamente inventaremos modas e virtudes na cozinha, as quais pretendo descrever aqui nos próximos dias.

Para começar, meu marido e eu pensamos numa noite de pizzas caseiras. Para isso, decidimos antecipar e preparar nosso molho básico de tomates. Somos apaixonados por métodos artesanais de se fazer comida. Modéstias a parte, treinamos esse molho há muito tempo para chegar numa receita que fosse rápida, fresca, perfumada, doce e salgada.

Que eu seja perdoada por falar isso mas, na verdade, o molho ainda é coadjuvante das nossas massas integrais de pizzas, embora reconheço que sem o brilhantismo do molho, as pizzas não seriam as mesmas.

Baseada na receita “O mais rápido molho de tomates”, do Jamie Oliver, entrego a nossa receita que eu chamo de:

Molho básico de tomates para pessoas de apetites acordados

Faz 500 ml

Ingredientes:
Óleo de oliva
4 dentes de alho descascados e fatiados finamente
folhas rasgadas de um punhado de manjericão fresco
1 kg de tomates
sal marinho e pimenta-do-reino moída na hora
folha de louro

Preparo:
Encontre os tomates mais maduros que tiver.
Aqueça uma panela grande com água até a metade e deixe ferver. Vá colocando os tomates e retirando-os da água assim que as cascas começarem a descascar (menos de 5 minutos).

Em água corrente, para não se queimar, retire as peles dos tomates e coloque-os em um tigela bem grande. Importante: A tigela não vai deixar desperdiçar uma gota. Nesse momento eu os esmago, retiro a parte branca do miolo, e vou cortando até chegar na aparência de um molho.

Em uma panela larga, em fogo baixo, regue fios generosos de óleo de oliva.
Acrescente o alho, a cebola, a folha de louro e, mexendo de vez em quando, deixe dar aquela leve fritadinha, douradinha. Esse processo é chamado de sofrito, pelo Jamie Oliver.

Então acrescente os tomates direto da tijela e parte do manjericão.
Tampe a panela e cozinhe por 30 minutos.
Tempere com sal e pimenta do reino moída na hora, a gosto.
Deixe ferver, depois abaixe o fogo e cozinhe por 5 minutos para concentrar os sabores. Adicione o manjericão fresco restante. Estará pronto quando apresentar a consistência ideal para ser espalhada sobre a pizza.
Desligue o fogo e deixe o molho descansar.

Coloque o molho em uma jarra limpa dentro da geladeira – ele se conservará por cerca de 1 semana. Também é bom congelá-lo em porções ou mesmo em uma fôrma de gelo, de modo que você possa descongelar exatamente a quantidade que precisa. Mas, para ser franca, é tão rápido de preparar que é melhor fazê-lo no dia em que irá usar.

– Logo mais eu apresentarei aqui as pizzas prontas e a nota dos convidados.
Julia.

Anúncios

Um comentário sobre “Molho básico de tomates

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s